4 passos simples para diferenciar sua empresa das demais

O que você vai ler aqui...

Abrir um negócio no meio de uma pandemia pode ser intimidante, especialmente porque surge a pergunta: por que os clientes prefeririam isso a todo o resto? Para responder a esta questão, o fundamental é estabelecer uma estratégia de diferenciação que a diferencie e se destaque da concorrência, que dê ao seu negócio aquele fator “extra” que faz com que os clientes escolham o seu em meio a várias outras lojas que trabalham com a revenda de roupas.

Neste sentido, partilhamos alguns conselhos do Canal Dstak sobre como criar uma estratégia baseada em 4 passos que você pode facilmente seguir para obter sucesso em suas vendas.

1. Produto:

Uma forma óbvia de se diferenciar é oferecendo um produto inovador que é diferente do que os outros oferecem, mas não é a única opção. Pesquise bastante no mercado quais produtos estão tendo maior venda e quais você pode adquirir para se diferenciar. Com a vasta opção de fornecedores que possui no nosso aplicativo, com certeza você encontrará algo para que seu negócio ganhe destaque.

2. Preço:

Defina em qual faixa de preço você deseja posicionar seu produto ou serviço. Em ambos, preço alto ou baixo, há rentabilidade e oportunidade de negócio, a decisão é sua. Para definir o preço do produto pode-se seguir a estratégia de:

Utilidade racional: Baseada em quanto custa para comprá-la, quanto cobra a concorrência e tendo o mercado como referência. Lembre-se de que o custo não é apenas o valor que você pagou pelo produto, mas sim a soma de todos os gastos como frete, embalagens, etc.

Utilidade irracional: Baseada no conhecido “nariz do empresário” que permitirá responder à resposta “quanto posso cobrar?”. Muitas vezes, como empresários, cobramos muito mais barato por um produto pelo qual nossos clientes podem estar dispostos a pagar mais. Não tenha medo de cobrar caro, pois muitas vezes isso trará um tipo diferente de cliente que valorizará seu produto ou serviço. Você deve educar o cliente e convencê-lo de que seu produto vale o preço estipulado.

3. Embalagem:

Lembre-se que a embalagem é a primeira face do produto, por isso você deve sempre cuidar dessa primeira impressão. Ofereça produtos bem embalados, com sacolas ou caixas personalizadas, e se estiver dentro do seu orçamento, adicione um brinde para agradar o seu cliente. É claro que não perca muito tempo com isso se ainda não tiver um bom produto ou estratégia de preços.

4. Alavanca:

Refere-se ao produto ou serviço complementar que serve para impulsionar a venda. Além disso, é importante que você lembre que percepção é tudo, portanto, avalie como apresentar o preço da alavanca ao consumidor: é diferente dizer “pão com chicharrón e chicha congelada a 10 reais” mas cobrar 5 reais para realizar a entrega, então prefira dizer “pão com chicharrón e chicha gelada a 15 reais mas com entrega grátis!”. Isso com certeza será mais atrativo para o seu cliente.

Empreendedor siga essas dicas e você terá sucesso em ganhar destaque com seu novo negócio em relação aos seus concorrentes.

Entre em Contato com o Canal Dstak 3

Controle sua Privacidade

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação.
Política de privacidadeTermos de Uso